TURISMO : VEJA AS CIDADES CONSIDERADAS AS MAIS CARAS DO MUNDO.

 

Cidade de Luanda(Angola) Considerada a mais cara do mundo.

 

 

 

A cidade de São Paulo entrou para a lista das 10 cidades mais caras do mundo para os estrangeiros viverem, segundo aponta a Pesquisa Global Mercer de Custo de Vida, divulgada nesta terça-feira (12).

A capital paulista deu um salto de 11 posições, desde a elaboração do ranking anterior, em março de 2010, quando estava na 21ª posição. Nesta edição, São Paulo ainda permeceu mais cara do que Nova York, nos Estados Unidos, a qual ficou em 32° lugar.

A pesquisa também mostrou que a cidade do Rio de Janeiro não fica muito de distante de São Paulo em termos de custos, já que a capital fluminense se posiciona em 12° lugar no ranking das cidades mais caras do mundo. Em 2010, ela estava em 29° lugar.

Valorização do Real

 

Com os avanços mencionados, São Paulo e Rio de Janeiro são atualmente as capitais mais caras, para os estrangeiros residentes no País, tanto na América do Norte quanto na do Sul.

Na avaliação da Mercer, a intensa valorização do real frente ao dólar é o principal motivo que justifica as posições das cidades brasileiras no ranking. As valorizações das moedas em países como Chile e Costa Rica também fizeram que algumas de suas cidades subissem significativamente na lista de cidades mais caras.

Apesar de estar na 33ª posição na lista, Brasília também se destaca no ranking, principalmente pelo fato de ter subido 37 posições em apenas um ano.

 

Mais caras do mundo

No ranking das cidades mais caras do mundo, Luanda, em Angola, mantém a primeira colocação, de uma lista com 214 cidades.

Observe na tabela a seguir as 10 cidades mais caras para os estrangeiros:

 

 

1ª Luanda Angola
2ª Tóquio Japão
3ª Ndjamena Chade
4ª Moscou Rússia
5ª Genebra Suíça
6ª Osaka Japão
7ª Zurique Suíça
8ª Singapura Singapura
9ª Hong Kong Hong Kong
10ª São Paulo Brasil

 

MSN

Compartilhe esse texto com seus contatos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *