POESIA – A BUSCA PELA FELICIDADE – Por Robson Maciel Aquino.

O POETA PROVOCA - O que é ser feliz? E ajuda na busca...


 

 

 

 

A tal da felicidade

 

 

 

Acordei, sentei na cama
Passei a mão no cabelo
Estirei meu corpo inteiro
E os nervos bem no lugar
Me peguei, pois, a pensar
No que é felicidade
E para o bem da verdade
Não foi difícil encontrar.

 

Felicidade, doutor
É uma cidade pequena
É um terço, uma novena
Ver a igreja lotada
Um forró numa latada
Um bom dia devagar
É ver a noite chegar
Sentado em sua calçada.

Felicidade eu percebo
No bouquet todo enfeitado
Das mãos da noiva, atirado
Às mãos de quem quer casar
E entre o atire e o pegar
Formar-se um grande alvoroço
De moças querendo moços
Pra ser feliz no altar.

 

É acordar de manhã
Com o cheiro bom de café
Ouvindo a voz da mulher
Cantarolando Gonzaga
Ver as faíscas infernadas
Rasgando o céu do fogão
Na minha imaginação
Felicidade acordada.

Menino solto brincando
Correndo pelas estradas
Com sua infância regada
De liberdade sem freio
Nenhum perigo ou receio
Da tal de modernidade
Vivendo a realidade
Tão simples desse seu meio.

 

Felicidade passeia
Nas asas de um passarinho
Repousa dentro do ninho
Contempla toda beleza
Desliza na correnteza
Planta e espera a colheita
Numa harmonia perfeita
Do homem com a natureza.

É passear pela feira
Pisar em casca de manga
Chupar imbu e pitanga
Comprar farinha e feijão
Porco, carneiro e capão
Beber cachaça num bar
Isso sim é se encontrar
Cheio de satisfação.

 

A família reunida
Diante da mesa posta
Comendo aquilo que gosta
De qualidade e fartura
Felicidade tão pura
Que ninguém ousa negar
E se eu pudesse pegar
Botava numa moldura.

AUTOR : ANTONIO ROBSON MACIEL AQUINO

Compartilhe esse texto com seus contatos:

13 Responses to POESIA – A BUSCA PELA FELICIDADE – Por Robson Maciel Aquino.

  1. Robson Aquino disse:

    Valeu João, Dinho, Carol, Nelbinho, Paulo Foerster e Dom Pablito pelos comentários. Esta casa (Oabelhudo) me dá a liberdade para ousar. Que bom que tudo começou aqui; acontece aqui e continuará aparecendo por estas bandas. Espero continuar criando coisas que agradem aos amigos. Um forte abraço.

    • Dom Pablito disse:

      Caro Robson. Pela qualidade dos comentaristas vê-se que a postagem merecia destaque. Continue iluminado e criativo na forma tão sublime com você o faz. Nós lhe reverenciamos e o aplaudimos.

  2. Paulo J.Foerster disse:

    Robson,

    Felicidade não cria, não vende, não troca e não se dá. Ela está dentro de cada um de nós.
    A sua felicidade transbordou e nós e fomos presenteados com essa bela poesia.

    PauloJ.Foerster

  3. Nelbinho disse:

    E o que é grandioso nisso tudo é que A tal da felicidade é tão mais maravilhosamente ampla, “… do que supõe nossa vã filosofia” inclusive, existir ainda pessoas que escrevem assim.

    Obrigado Robson. Abraços,

    • Dom Pablito disse:

      Caro Nelbinho. O valor poético do estimado colaborador Robson, a cada dia se afirma mais junto ao nossos leitores. Poesia, sentimento e paixão. Você, sempre reconhecendo e estimulando. Obrigado.

  4. Carlos Elder disse:

    Robson,
    Eita! Mais uma das boas!
    Abraços,

  5. Carol Batista disse:

    Robson,

    Felicidade é ter você na minha vida.

  6. I’m still learning from you, but I’m trying to reach my goals. I absolutely love reading everything that is written on your website.Keep the information coming. I loved it!

    Tradução do inglês para português

    Ainda estou aprendendo com você, mas eu estou tentando alcançar meus objetivos. Eu absolutamente amo tudo lendo o que está escrito no seu website.Keep as informações que chegam. Eu adorei!

  7. Robson Aquino disse:

    Fique à vontade, João! Valeu pelo comentário.

  8. João Roberto disse:

    Muito boa, Robson.
    Na próxima edição da Tribuna eu vou postá-la, se assim vc me permitir.
    Abçs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *