PERNAMBUCO : PROGRAMA CISTERNA-CALÇADÃO SERÁ LANÇADO AMANHÃ EM PESQUEIRA. *

Projeto para construir cisternas

vai atender a 85 mil pessoas no

Agreste e Sertão de PE

 

Cisternas-Calçadão. Mais uma opção de armazenamento de água na região nordeste.

 

A população rural de 87 municípios pernambucanos – 40 do Sertão e 47 do Agreste – vai contar com uma nova alternativa para ampliar o acesso à água para produção de alimentos. O Projeto Pernambuco Mais Produtivo realizado pela Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), por meio da Secretaria Executiva da Agricultura Familiar (SEAF) vai construir 15,5 mil cisternas calçadão. O lançamento do Projeto será nesta quarta-feira (30), às 16 horas, em Pesqueira, na quadra esportiva do Colégio Santa Dorotéa,  com a presença do governador Eduardo Campos, do secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Ranilson Ramos, do secretário executivo da Agricultura Familiar, Aldo Santos e dos bispos Dom Dino, da Diocese de Caruaru e Dom José Luiz, da Diocese de Pesqueira.

O programa conta com a parceria da Articulação no Semi-Árido Brasileiro (ASA) e beneficiará 85 mil pessoas. O investimento é da ordem de R$ 140 milhões do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e R$ 25 milhões de contrapartida do Governo do Estado. A proposta é melhorar a estrutura hídrica da Área Rural do Estado, ampliando a capacidade produtiva das famílias atendidas. Segundo Aldo Santos, a cisterna capta a água de chuva por meio de um calçadão de cimento de 200 metris quadrados construído sobre o solo. Cerca de 300 milímetros de chuva são suficientes para encher o reservatório, que tem capacidade para 52 mil litros.

No evento, também será assinado o convênio para seleção e capacitação das famílias a serem contempladas. O contrato prevê na primeira etapa a construção de cisternas em 26 municípios – Araripina, Santa cruz, Exu, Ipubí, Serrita, Afogados da Ingazeira, Calumbi, Carnaíba, Flores, Iguaracy, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Terezinha, Tabira, Triunfo, Sertânia, Alagoinha, Altinho, Cachoeirinha, Cupira, Ibirajuba, Lagoa dos Gatos, Panelas, Pesqueira, Poção, São bento do Una e Lajedo.

“Políticas Públicas como essa permitem melhores condições para o homem e a mulher do campo produzir alimentos, principalmente, nos períodos de forte estiagem”, enfatiza Santos. Ele explica que o calçadão também é usado para secagem de alguns grãos como feijão e milho, raspa de mandioca, entre outras culturas. Outra vantagem é a irrigação de quintais produtivos, o plantiode hortaliças e de plantas medicinais, além de auxliar o fornecimento de água para os animais

Evento: às 16:00 Horas – Data : Quarta-feira – 30/05/2012.

Local : Quadra Esportiva do Colégio Santa Dorotéa.

* Fonte : Portal do Governo PE.

Compartilhe esse texto com seus contatos:

2 Responses to PERNAMBUCO : PROGRAMA CISTERNA-CALÇADÃO SERÁ LANÇADO AMANHÃ EM PESQUEIRA. *

  1. Ronaquedo Pereira dos Santos disse:

    Hoje e muito importante para a vida dos agricultores familiares do nordeste brasileiro com as politicas publicas voltado para o desenvolvimento da região, mas a esse programa de cisterna de calçadão vem revolucionando a vida de quem mora no campo produzindo alimento de qualidade sem agrotóxico livre das impurezas de produtos químicos. Ainda pouco mas é eficiente para uma demanda que muito grande. Ficamos agradecido pelas iniciativas simples e importante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *