PERNAMBUCO RECEBERÁ UMA FÁBRICA DE CAMINHÕES. *

Pernambuco anunciará

montadora de caminhões

O Sucesso atual de Pernambuco, atrai Montadora de Caminhões.

 

 

REUNIÃO ENTRE O GOVERNADOR EDUARDO CAMPOS E OS EXECUTIVOS DO SHAANXI AUTOMOBILE GROUP, NA CHINA, NA PRÓXIMA SEMANA, DEVERÁ SELAR A IMPLANTAÇÃO DE UMA UNIDADE FABRIL DA MARCA SHACMAN; INVESTIMENTOS DEVERÃO CHEGAR A US$ 600 MILHÕES

 

Após vários meses de negociação, o Governo do Estado e o Shaanxi Automobile Group (SAG) parecem ter chegado a um acordo para a implantação de uma nova fábrica de caminhões pesados da marca Shacman no Estado. O investimento, antecipado pelo PE247 ainda no ano passado, é estimado em US$ 600 milhões em função da empresa já ter iniciado suas operações no mercado nacional, através de uma central de importação de veículos e peças localizada no Porto do Recife. O martelo deverá ser batido oficialmente na próxima quinta-feira (10), durante reunião entre o governador Eduardo Campos e os executivos do SAG, na sede da empresa em solo chinês.

O longo período de negociação para a concretização do negócio se deu por conta do interesse dos chineses em construir uma unidade fabril sob um regime diferenciado de tributação. A empresa entendia que, com a alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na casa dos 30%, seria mais vantajoso importar do que fabricar seus veículos no Brasil. Para o SAG, o ideal seria uma alíquota de 5% e um escalonamento do índice de nacionalização dos veículos de 65% em um período de até seis anos.

Além do investimento de US$ 600 milhões, a nova unidade fabril da Shacman deverá gerar cerca de 2 mil empregos diretos quando a planta entrar em operação, por volta de 2013. A nova fábrica do SAG estava sendo disputada também pelos Estados de Alagoas, Ceará, Rio de Janeiro e São Paulo.

As atividades da central de distribuição da Shacman no Porto do Recife, que são gerenciadas pela trade Comexport, movimentam cerca de 100 caminhões/mês. O preço médio de cada unidade importada chega a um preço médio de R$ 200 mil.

O governador Eduardo Campos aproveitará sua estadia na China para tentar prospectar outros negócios para Pernambuco. Durante viagem de cinco dias, que será iniciada hoje (5), o gestor terá uma pesada agenda administrativa que inclui visita a fábricas, reunião com empresários e encontros oficiais em Pequim e nos estados de Hebei e Shaanxi.

* Gilberto Prazeres e Paulo Emílio _PE247

Compartilhe esse texto com seus contatos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *