HOMENAGEM A UM POETA DA VIOLA – JOÃO Cabeleira. – Colaboração de Angela Lucena, *

João Cabeleira de

Jenipapo para o mundo 

 

João Cabeleira. Mocinho e sonhador...O mundo aguardava um grande poeta/repentista...

 

Um menino simples, sentado à beira da estrada na antiga rua dos coqueiros.( VILA DE JENIPAPO ), onde morava o seu avô José Francisco.

Viola confeccionada de pedaço de madeira e linha de náilon, sempre trouxe na ponta da língua versos improvisados e bem estruturados, que faziam todos sorrir.

A viola de brinquedo foi substituida por uma de verdade e pouco a pouco o João de Miguel Cabôco foi ganhando nome artístico, por ter uma bonita cabeleira, todos começaram a lhe chamar –  João Cabeleira e assim o seu sucesso como poeta repentista espalhou-se por toda essa região. Era também um grande conquistador de corações. Nos sítios, vilas e cidades alegrava as noites com belas cantorias de violas entre canções, motes e martelo alagoano. Nas feiras livres ao som da viola o do pandeiro traçava versos que agradava aos ouvintes, ainda vendia cordeis.  Também produziu e apresentou  programas de rádios, vindo a se destacar, principalmente na Rádio Bitury de Belo Jardim. Participou e ganhou premiações em Congressos Literários, Eventos Culturais/Escolares em diversas comunidades de um modo geral.

Cabeleira na foto em campanha política Em São paulo-Capital. (Lula carinhosamente dizendo: "Marta, esse é o cara!"

Sempre orgulhou-se por ter tido como mestre do repente. O ilustre poeta: Manoel Pedro Clemente. João Cabeleira nasceu no Brejo, mas imediações do sítio Boa Esperança de Jenipapo. Depois de viúvo foi morar em belo jardim e de lá, partiu para a Capital Paulista, onde o seu maior ponto de referência para cantigas de viola, era a famosa Praça da Sé.

Em programas de “TV” participou do programa de Silvio Santos, do Ratinho e do Amarim Filho que tinha como Título ( NAS QUEBRADAS DO SERTÃO). Ainda esteve presente nas campanhas do Presidente Lula e da prefeita Marta Suplicy.

Cabeleira engajou-se na campanha do também nordestino Lula...(Observe-se o microfone com a logomarca da Globo)

Hoje cansado e com proplemas de saúde se diz satisfeito por ter em sua trajetória uma bagagem de um passado feliz e inesquecível. O blog Jenipapo Em Foco tem o prazer de homenagear o grande poeta Repentista: João Cabôco de Melo ( JOÃO CABELEIRA ).

 

* Fonte : POSTADO ORIGINALMENTE POR: Paulo Ricardo/Blog Jenipapo em Foco.
 – COLABORAÇÃO: Poetisa e filha do homenageado – Angela Mª de Melo Lucena.

 

 

NOTA DO EDITOR

De certa vez assisti ao poeta João Cabeleira num programa  da antiga TV Manchete, apresentado por Bruna Lombardi (lindíssima). João cantou e deu entrevista. Quando perguntado de onde era, respondeu claramente: “Sou de Jenipapo que é um distrito de Sanharó, lá no meu Pernambuco…” Desde então, a minha admiração por ele só fez crescer.

Em outra oportunidade, minha esposa, Edna, estudava pedagogia na Fafica (Caruaru) no anos 80, pediu-lhe para gravar uma fita -cassete sobre Sanharó e a sua cena cultural. Ele o fez com muito esmero e boa vontade.Esse trabalho rendeu à aluna, uma boa nota.

Dom Pablito.

Compartilhe esse texto com seus contatos:

21 Responses to HOMENAGEM A UM POETA DA VIOLA – JOÃO Cabeleira. – Colaboração de Angela Lucena, *

  1. faz tempo que procuro, o telefone de joão cabeleira, pra falar a ele sobre o meu pai manoel pedro clemente. e ao mesmo tempo saber dele. espero que alguém possa mim ajudar. meu face eron clemente.sou filho do repentista manoel pedro clemente.

    • Dom Pablito disse:

      Meu caro Eron. Conheci o grande poeta/repentista Manoel Pedro Clemente. João cabeleira reside no distrito Jenipapo. A sua filha Angela Maria está no Facebook e pode lhe ajudar a fazer esse contato.

      O blog lhe agradece pela participação.

  2. Mattedi disse:

    gostei muito, muito!mesmo no faltimo dia, le1 fui eu ao imerge, e valeu bem a pena!vai dando conta dos teus prcojotes que a malta aqui agradece! ;)um beijinho, paulo.(encontramo-nos por aed)Diana

  3. João Roberto disse:

    O bom seria organizar uma cantoria de viola no Clube Lítero com duas duplas de renome, convidar Cabeleira para assistir a peleja e surpreendê-lo com uma bela homenagem. Os amigos amantes da poesia em conjunto com a Secretaria de Cultura patrocinariam o evento e outros detalhes a gente sentaria e discutiria.

    Fico à disposição para o que for preciso.

    • Dom Pablito disse:

      Ideia muito boa. Vale à pena trabalha-la…JR você além de ser do ramo, tem um coração do tamanho da sua competência.

      Nem parece que é dos Aquinos…rsrsrsrsrsrsr

  4. Jullyene disse:

    Emocionado por todas as homenagens, principalmente do povo de Sanharó, ele ontem chamou a minha mãe, para escrever uns versos citados por ele em agradecimento. Em breve será enviado para o blog o oabelhudo. Eu sou neta dele e fico feliz por todo esse carinho.

    A todos os que valorizaram o talento do meu avô, muito obrigado.

    • Dom Pablito disse:

      Caríssima Jullyene.

      Bonito o seu gesto em agradecer, em nome de sua família. O artista é um ser mais sensível do que as pessoas comuns. Deus deu a eles um poder magistral. Nem sempre são bem compreendidos e nem sempre são compensados da forma que mereceriam. Entretanto, têm eles, e seu avô joão é um deles o privilégio de gozar da admiração de muitos. Foi o que ocorreu. Graças ao Jenipapo em Foco, pudemos repercutir parte desse imenso trabalho cultural de Cabeleira, por esse Brasil afora.

      Nosso está e continuará à disposição de vocês.

      Dom pablito
      Editor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *