APELO A PRESIDENTE DILMA PELA PERENIZAÇÃO DO RIO PARAIBA. – Por Fernando Valença.*

APELO À PRESIDENTE DO BRASIL

A PRESIDENTE DEVERIA CONFIAR AO EXÉRCITO A PERENIZAÇÃO
DO RIO PARAÍBA

Exma. Sra. DILMA ROUSSEF,
PRESIDENTE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

O formato deste apelo é de artigo de jornal, típico de colaborador que, neste caso, quer dirigir-se a Vossa Excelência e aos leitores e internautas que me conhecem, “neste pedaço”, antes mesmo de começarem as obras do PROJETO SÃO FRANCISCO; pelo que encareço que Vossa Excelência se digne tolerar tal “informalidade”; não é “Curriculum Vitae”, mas uma reação de quem defenderá a Transposição com a própria vida, se for preciso, acredite! Para tanto, aguardo sua ajuda!

Caros leitores, eis-me aqui de corpo inteiro: após mais de 70 anos de vida, nordestino, criado no cariri mais seco do mundo, Caraúbas, sertão da Paraíba, de onde migrei depois de completar o curso primário, com uns 12 anos de idade; me dei muito bem na escola, dois anos seguidos, por não ter faltado a nenhuma aula, em cada ano; prêmios: um sabonete Eucalol e um extrato Dyrce! Na verdade era um irrequieto, queria conhecer Trem, lâmpada elétrica e pilotar avião: conforme lia em lições na Escola. Mais do que isso: tinha um forte desejo de me enrolar na bandeira Nacional e morrer pelo Brasil! Mas, era um guri, talvez a guerra (1939/45) acabasse antes de eu entrar nela.

Naquele tempo, toda noite eu ia ouvir o Noticiário da BBC de Londres, na casa de Genésio Jordão que tinha um belo rádio. De guerra mesmo, -com tiros de fuzil, granada; navio e avião-, não tomei parte, no entanto, vi outro tipo de “guerra”, a do Flagelo da seca, aqui mesmo em Caraúbas e ali no Lagamá, onde não tinha mais vegetação, o aveloz amarelava, os cactos (xique-xique, facheiro, mandacaru, “corôa de frade” e macambira) mal davam para se fazer coivaras, para queimar os espinhos secos e serem “arremessados”, fumegantes, para o gado faminto e até famílias de sertanejos roerem os talos, tanta era a fome e sede geral.

Meus irmãos, eu tinha uns 7/8 anos e vi o panorama macabro das nuvens de abutres (urubus), que não davam conta de consumirem as inúmeras carniças de ovelhas, cabras, gado que desabavam no campo e ali morriam sem forças para se levantar. . . eu vi um pobre homem, [morto dentro de uma rede], levado por dois filhos dele, adultos, para ser enterrado no cemitério de Caraúbas. Á época não liguei; agora, estou em lágrimas.

Não peço desculpas ao formular essa evocação… É que eu quero, e tenho o direito, de falar da terra onde me tornei gente e da gente daqui: do sertão, do nordeste, do Brasil. Ainda de menor idade fui embora, sentei praça no exército -como se fosse de maior- fiz curso e depois fui peão de canteiro de obras/motorista de caminhão/datilógrafo/vendedor/assistente técnico./gerente/
assessor/chefe de inspetoria de banco oficial/advogado e…aposentado!
Por ser “um irrequieto”, voltei a estudar e me formei em radialismo, estudei jornalismo e fiz curso de piloto (sou brevetado); tive acesso ao Projeto São Francisco e decidi defender a Transposição de água do Rio São Francisco para o semi-árido do NE setentrional, até o fim de minha vida e, se for preciso, com o sacrifício dela como se fosse, e é, uma guerra.
Tudo isso para dizer que saí quase menino e agora voltei: Quando li na mídia que o Sr. Luiz Inácio da Silva, então presidente do Brasil, iria inaugurar a PERENIZAÇÃO do Rio Paraíba, participei de debates, dei entrevistas, fiz palestras (Circulo Militar, CPOR, Clubes LION´S, Escolas, etc.), escrevi artigos, inclusive no site do Min. Da Integração Nacional, -www.mi.gov.br-, tecendo encômios àquele brasileiro, etc. O colega Geraldo Freire, da Rádio JC/Recife, inclusive, descontraidamente,
disse a ele que iríamos, Geraldo e eu, fazermos “greve de Fome”, em favor da obra, etc., “molecagem” do colega, jamais cogitamos daquilo.

Para mim bastou a Revista VEJA publicar que no “ Palácio do Planalto a aposta é que o presidente Luiz Inácio da Silva” inaugurará a Perenização do Rio Paraíba no dia 31.12.2010, para eu concluir a venda de minha casa e chamar o caminhão que, em duas viagens, levou minha mudança para Caraúbas, em 31.Out e 01.Nov.2010 aqui pra as margens do Rio Paraíba, onde estou…… até hoje, esperando a prometida PERENIZAÇÃO que o então presidente da república, jamais HONROU e, pior: até hoje não disse o por quê dessa falha indesculpável.

Quando aquele senhor, muitas vezes destratado como “Nove dedos”, “Pinga 51”, “Mutilado”, “Semi-analfabeto”, “Pau de Arara”, etc., era presidente do Brasil, escrevi muitas linhas defendendo-o e elogiando sua performance como uma grande esperança e que seria feita justiça pelo povo que lhe era grato, etc., sendo certo que a história o consagraria como um bom homem, etc. Não era para agradá-lo, nem nada; apenas eu dizia o que então me parecia; é só reler o rol de matérias que escrevi, de 2004 até Set.2010.

De lá para cá, parece que abriram as portas do inferno, isto é, do min. da Integração Nacional, em relação à Transposição Nacional que não merece o destino calhorda que a tradição política brasileira pratica “governo que entra nunca conclui obra de governo que sai”; só que, neste caso, se não sair logo a conclusão da obra da Transposição em geral e da Perenização em particular, como definidas no Projeto São Francisco, irei desmascarar quem quer que seja do Governo, para o que recorrerei ao Exército. Estou indignado com o que está sucedendo: parece que “almas sebosas” estão agindo contra a PERENIZAÇÃO do Rio Paraiba, em particular e contra a Transposição em geral, para que toda a esperança de cumprimento das promessas do Governo Federal e todos os passos dados visando tornar realidade aquela extraordinária OBRA HUMANITÁRIA, em favor da gente que habita os cariris e sertões, se transforme em ficha vagabunda de jogo de azar de marginais da política nacional que só visam lucros, ora de dinheiro, ora de interesses escusos. Seja como for, essa gentalha do colarinho branco torce e tudo fará para que a Transposição fracasse… Sempre apostaram nisso, o bastante para que a Presidente adote logo um princípio fundamental da guerra: “Desconfiar da própria sombra”, quando despachar com quem tentar defender adiamentos do Projeto São Francisco em geral e não permita que toquem na PERENIZAÇÃO do Rio Paraíba, que já deveria ter sido feita há quase sete meses.

À Senhora Presidente, com todo respeito.

Fernando Valença de paletó e gravata

Autor – Fernando Valença

*advogado,ator,radialista, piloto, jornalista, defensor da Transposição.

Compartilhe esse texto com seus contatos:

6 Responses to APELO A PRESIDENTE DILMA PELA PERENIZAÇÃO DO RIO PARAIBA. – Por Fernando Valença.*

  1. 168 22/12/2012

    AS RAZÕES DO EIXO NORTE DA TRANSPOSIÇÃO…
    NA PARAÍBA… ENTRAR PELO VALE DO PIANCÓ.

    http://pedroseverinoonline.blogspot.c … oes-do-eixo-norte-da.html

    Segundo meu ponto de vista, a Transposição das Águas do São Francisco para os Sertões do Nordeste do Brasil, que concerne, principalmente, à ramificação (entrada) pelo Sertão da Paraíba, deveria ser pelo vale do Piancó…Que deságua no açude de Coremas… E não pelas a nascente do Rio Piranhas, segundo o Projeto da Transposição, elaborado pelo Ministério da Integração Nacional.

    Até porque o sistema Estevão Marinho-Mãe Dágua, conhecido popularmente como o açude de Coremas, é a grande “caixa dágua” do Estado. E tem mais, segundo ao “Plano das Águas”,do Governo MaranhãoI, existem 12 projetos Hidroagrícolas para Estado da Paraíba, dos quais nove são encravados no vale do Piancó: Piancó l,ll,lll, lV, V, Vl, Poço Redondo (Santana de Mangueira), Projeto Gravatá (Nova Olinda) e Projeto Genipapeiro (Olho Dágua) e Mais o Projeto das Várzeas de Sousa, alimentado pelo Canal da Redenção, que sua tomada dágua, é no açude de Coremas…Além do mais…Potencializará o “Projeto Canaã”, do então, Governo de Wilson Leite Braga (1983 a 1986)…Que ao meu vê, está contido dentro do contexto do Plano das Águas…Do governo Maranhão I…

    Se realmente a Transposição vier acontecer um dia… E a ramificação do sertão da Paraíba, for mesmo pelas as nascentes do Rio Piranhas, que deságua no Rio do Peixe nas várzeas de Sousa, o Canal da Redenção perderá o seu sentido de ser.

    É bom ressaltar que o reservatório Estevão Marinho – Mãe Dágua, constitui-se num dos maiores complexos hídricos da região Nordeste, cuja capacidade máxima chega a mais de l,35 bilhão de metros cúbicos de água, além de dispor de uma hidrelétrica que até a década de 1970…
    Abastecia quase toda região sertaneja como fonte de geração de energia elétrica, e hoje está interligada ao sistema CHESF, com Paulo Afonso, Estado da Bahia…

    Já que se estar se falando de geração de energia, o Projeto São Francisco, conhecido popularmente pela Transposição, tanto no Eixo Leste e no Eixo Norte, em regiões “Íngremes”, onde passa os canais da “Transposição”, em “Tese”, serão construídas pequenas hidrelétricas, que compensarão os Bombeamentos nas “Tomadas DÁguas”…E até mesmo, para se atender as “Demandas de Energia”…Nos projetos de irrigações, entre outros…

    Diante disto, o Complexo Estevão Marinho-Mãe D’Água, desde da década de 1950…Existe uma Hidrelétrica, conhecida popularmente, no nosso interior, por “Turbina”… Que possui uma capacidade instalada máxima de geração de energia de 8,4Megawatts com uma vazão de 14 metros por segundo…

    Entretanto, hoje só gera 3,5Megawatts com uma vazão regularizada de 6 metros cúbicos, para se atender a demanda do Piranhas/Açu…

    Todavia, se com o advindo de uma das entradas do Eixo Norte da Transposição, foi de fato pelo o Vale do Piancó…

    Que deságua no Açude de Coremas… Certamente, a sua hidrelétrica, terá condições hidrológicas para atender a sua capacidade instalada máxima de geração energética, que é na ordem de 8,4 Megawatts com uma vazão de 14 metros por segundo… Ou até mesmo, aumentar esta capacidade máxima de geração energética, que ultrapasse a 10,0 Megawatts.

    Que possa “Enquadra”, o Município de Coremas, dentro o “Direito”, de se receber o Royalties da Chesf…Pois, segundo Lei complementar da nossa “Constituição Federal”, só recebe este referido Royalties da Chesf…Aquele município, aonde esteja instalada uma Hidrelétrica…E que esta respectiva “Turbina”… Tenha uma geração de energia acima de 10,0 Megawatts… Neste caso, com o uso “Sinergético” da Água advindo do “Projeto São Francisco”… É só fazer uma pequena ampliação.

    Só assim, o município de Coremas, poderá “subsidiar” , a “Tarifa de Água”…Depois da instalação da CAGEPA(Companhia de Água e Esgoto do Estado da Paraíba)…Ou na criação de uma Companhia de Água e Esgoto Municipal…Pois, por “Incrível que Pareça”…A Cidade de Coremas…Ainda, “Não”, possui “Tratamento de Água”…Que é um absurdo.

    Por isso, é grande a incidência de doenças de veiculação hídrica que vitimam muitos Coremenses… Por falta de água potável…É uma questão, até mesmo, de “Saúde Pública”…Pois, diante disto, uma “Atitude Governamental”…Que seja, Municipal, Estadual e/ou Federal…Deva ser tomada.

    Também uma grande maioria da população Paraibana e Brasileira não sabe que este grandioso complexo construído nas décadas de 1940 e 1950 tem como meta mais ambiciosa a implantação de um Pólo de Desenvolvimento, denominado, de Meridiano 38, cujo projeto se encontra atualmente no Ministério da Integração Nacional da Presidência da republica.

    Caso seja implantado o projeto Meridiano 38 em nosso Estado, vai trazer a redenção de toda essa área (sertão Paraibano), prevendo inclusive a criação de uma Faculdade de Agronomia…Até mesmo, um Campus Universitário da Universidade do Sertão, que está em estudo pelo UFCG…Escola Técnica Agrícola e Centro Administrativo de Política Agrícola… Visando a irrigação de milhares de hectares de terra, trazendo empregos e rendas para inúmeros paraibanos, tendo como epicentro deste Pólo de Desenvolvimento, justamente cidade de Coremas…Que tudo isto,ou seja,o “Projeto São Francisco”,conhecido popularmente, pela “Transposição”… Venha fazer “Justiça Social”…Não só, ao “Povo Coremense”…Sobretudo, a todos nós Nordestinos Setentrionais…

    DO ESCRITOR
    PEDRO SEVEINO DE SOUSA
    JOÃO PESSOA(PB), 22.07.2009

    P.S( PÓS-ESCRITO ):

    PT01 COREMAS…TERRA DAS ÁGUAS.
    http://youtu.be/AL9P_rD-tKI

    PT02 COREMAS…TERRA DAS ÁGUAS.
    http://youtu.be/VZbT7lfsTzA

    PT03 COREMAS…TERRA DAS ÁGUAS.
    http://youtu.be/qwgPeGNmdNk

    Além dessas razões de a Transposição entrar pelo o Vale do Piancó, abordadas anteriormente, …Surge agora, mais outra razão, após aprovação da cobrança da água bruta , pelo(DECRETO Nº 33.613, DE 14 DE DEZEMBRO DE 2012.
    Regulamenta a cobrança pelo uso da água bruta de domínio do Estado da Paraíba, prevista na Lei nº 6.308, de 02 de julho de 1996, e dá outras providências.
    O GOVERNADOR DO ESTADO DA PARAÍBA,)

    Assim sendo, pelo menos, desperta a ideia de o Comitê Piancó/Piranhas/Açu. Por ser uma Bacia Hidrográfica Federal…Composto pela ANA(Agência Nacional de Águas ), AESA(Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba), IGARN(Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte) e da ONG-SOS/PIANCÓ.

    De instituir a cobrança da água bruta, da vazão de geração de energia da micro- hidroelétrica da turbina de Coremas. Para que esta arrecadação seja aplicada na revitalização da bacia hidrográfica do Piancó/Piranhas/Açu.

    Do Escritor
    Pedro Severino de Sousa
    João Pessoa(PB), 22.12.2012

  2. AlÔ Dom Pablito! Eu estava “ENCANTADO” dizendo que você deve ser uma prova de que DEUS existe! Argumentava preliminarmente e quando desejei explicar o por quê de deduzir aquilo.>>>>>>>>> simplesmente o texto DESAPARECEU ! ! ! Estou tentando, em vão, recuperá-lo mas, desisti… Oxalá você o encontre, aí aquele texto.

    Na verdade, ia repetir o que muita gente sabe: que você é um generoso incorrigível……., haja vista o quanto colabora com a força do seu comando, a repercussão de seu pensamento via OABELHUDO e o ECO de seu discurso que Sanharó repete, tudo isso somado em favor do PROJETO SÃO FRANCISCO,Transposição da água do Rio S. Francisco para o semi árido do NE setentrional, em geral e da PERENIZAÇÃO do Rio Paraíba, em particular. Conhecemo-nos por acaso, quando eu acabara de me mudar de uma metrópole para a beira do Rio Paraíba que seria PERENIZADO dia 31 de DEZEMBRO de 2010, pelo então presidente da República, Senhor Luiz Inácio da Silva que viria praticar O ÚLTIMO ATO OFICIAL de seu Governo, na cidade de MONTEIRO, Estado da Paraiba, onde nasce aquele rio.

    O Dom Pablito sabe: era tudo o que eu desejava ver neste meu final de vida! Seria MILAGRE! De verdade!

    Ocorreu uma desgraça: estamos em 20 de dezembro de 2012, e até hoje o picareta, então presidente desta Nação desta pobre gente que somos nós, não PERENIZOU o rio e nem teve vergonha na cara suficiente para vir dizer por.…. de 2012!

  3. Palavras iniciais de GRATIDÃO! Ao DOM PABLITO, pessoalmente alguém que faz a gente acreditar em que leva todo jeito de ser verdade, aquela menção de que “SOMOS FEITOS À IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS” que, embora nenhum de nós jamais O TENHA VISTO, nada impede acreditarmos seja ELE SUPREMO EM: SAPIÊNCIA, PRESENÇA, JUSTIÇA e + e + e + TUDO.

    Só assim é que tememos, sobretudo, amamos a DEUS.

    Digo que quando nossos caminhos”permitem” que encontremos um irmão que nem o Dom Pablito, é imediata a dedução: DEUS EXISTE!
    Leitores, BASTOU X

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *