Daily Archives: 12 de novembro de 2014

Movimento Cultural/Crônica: Mandacaru tem Flor * – Colaboração de Fátima Canejo

MANDACARU TEM FLOR

“Mandacaru tem flor, é vermelha, é azul, é uma cor de toda cor a flor do mandacaru. Quando chove é jardim, mas se chuvisca brota enfim o que mais parece jasmim. Na ensolarada dos dias, em meio a lamentos e agonias, ninguém mais enxerga a flor na dor do mandacaru.”

 

 

 

 

Mandacaru tem flor. Floresce mandacaru!

Tanta sina, tanta vida, tanto destino de desalento e solidão, esperança petrificada desse sertão. Povo faminto, povo tão nu, esperando a flor do mandacaru.

Tempo aberto, sol escaldante, calango passando, cobra sumindo debaixo da macambira, um tatu e um preá, tudo nesta vida e nela tudo que há. Nas pedreiras o urubu, espante o bicho mandacaru!

Alvorece, vem o dia, a tarde chega escaldante, um entardecer num rompante caminhando para o anoitecer. Tudo passa sempre assim, sem revoada ou pio de passarim, sem nuvem ao norte, sem nuvem ao sul. Floresce mandacaru!

Maria foi passear, tomou o destino do mato, cortou vereda e caminho, pisou em ponta de pedra, pisou em ponta de espinho, mas seguia sem destemor tentando encontrar a flor. No cansaço que chegou, sentou no chão e chorou, queria apenas a flor, a cor do mandacaru!

Gavião ronda a magreza, urubu vem rastejante, imagina que num instante o bezerro vai cair, o bezerro vai morrer, e a carniça a lhe sorrir. Enquanto a morte não vem, enquanto a danada não grita, o carnicento faz seu voo e pousa no mandacaru. Os olhos avermelhados na flor do mandacaru!

Menino sertanejo danado, traquina de descampado, quando se vê aperreado corre pro mato em fuga. Como não tem com o que brincar, pula e pega o sol com a mão, e nele dá um chutão rumo ao mandacaru. A ponta do espinho no sol explode em girassol, a flor do mandacaru!

Mandacaru tem flor, é vermelha, é azul, é uma cor de toda cor a flor do mandacaru. Quando chove é jardim, mas se chuvisca brota enfim o que mais parece jasmim. Na ensolarada dos dias, em meio a lamentos e agonias, ninguém mais enxerga a flor na dor do mandacaru.

Depois da molhação da trovoada, enchendo tanque, alagando estrada, a caatinga se transforma. Faz festa a bicharada, a mata toda animada louvando a graça divina, e o mandacaru com a sina de agradecer ao Senhor. Abre os braços numa prece, em cada lado uma flor!

Sertanejo agoniado, catando comida pro gado, corta palma e capim, corta mato e o que encontrar, num desespero sem fim. Desce o machado em tudo, derruba até aroeira pra fugir da desgraceira que é a fome do bicho. Só não corta o espinhento, altivo e arreliento, a flor do mandacaru.

A Velha Sinhá se alevanta, mija em riba da planta que é pra ela não morrer. Depois abre a porta da frente, já sentindo o bafo quente do sol mais perto da terra. Eleva a Deus uma prece, numa fé que não esmorece, desejando boa sorte. Ergue o olhar para o norte, no piado da nambu, e os olhos pensam avistar uma flor no mandacaru!

* Autor: Rangel Alves da Costa – Editor do blogspot Ser tão Sertão – Escritor, cronista  e poeta – http://blograngel-sertao.blogspot.com.br/

Pesqueira/Canetadas: Para Micheline…Minha Filha… – Por Jurandir Carmelo *

CANETADAS

Para Micheline, minha filha

 

 

 

 

 

Pesqueira/PE, 12/11/2014 > Canetadas (Por Jurandir Carmelo. Não pensei que voltasse a escrever as minhas canetadas)

 

Para Micheline, no aniversário de um (1) ano da sua careca, ocorrido ontem... O tempo passa, caminha em frente. Era uma tarde de novembro de 2013, pelas 16 horas, exatamente do dia 11. É passado, portanto, um ano. Gilcéia e Eu chegávamos à casa de Micheline, onde a encontramos cabisbaixa, no início das sessões de quimioterapia, com uma expressão de tristeza que nos bateu alma e coração. De repente, Ela coloca as suas mãos nos seus cabelos e as faz escorregar. Abre-as, e as estende para frente. Estão as suas mãos cheias de seus claros e lisos cabelos, e exclama: “Meu Deus, já perdi os peitos, agora vou ter que perder os cabelos…”. Bateu forte, muito forte! Dessa vez quase que não seguro as lágrimas, o choro. O coração apertava, a alma parecia ter sumido, as pernas tremiam, era uma verdadeira situação de tragédia.

Pedi a Deus: Ajuda-me senhor, salva a minha filha… Ela precisa de forças e Eu estou fraco. Mostra-me um caminho. Passei pouco tempo com ela, diante a situação que se nos apresentava. Disse à Gilcéia: vamos embora! Seguimos direto para casa, segurando choro, lágrimas, pernas, buscando abrandar alma e coração.

Chegamos em casa… Aí não segurei mais, nem pernas, nem choro, nem lágrimas, nem emoção, nem tristeza, nem nada. O coração batia apressado, querendo pular, sair, parar, sei lá! De repente, sento-me à mesa e peço a Gilcéia: Por favor, coloque-me uma dose de uísque dupla, sem gelo, sem nada. Gilcéia pergunta: você vai beber... Lembrei do velho Lunga: não, vou lavar o rosto... Sentado á mesa virei o uísque… o danado desceu queimando.

No início destas notas, quem a ler, vai perceber que eu afirmei, pedindo a Deus: “ Ajuda-me senhor, salva a minha filha...”. Ela precisa de forças e Eu estou fraco. Mostra-me um caminho… Ainda à mesa, já mais calmo (O uísque é de um efeito impressionante nesses momentos… CALMANTE MESMO). Com a segunda dose já posta, com gelo dessa vez, abro a minha agenda e me deparo com o cartão de visita do meu amigo e cabelereiro José Aluízio, o Ivo Cabelereiro. Foi Deus quem mandou, com certeza. Tanto assim, que exclamei repetidas vezes, em voz alta: Obrigado meu Deus! Obrigado meu Deus! (…)

Gilcéia, olha para mim, sem nada entender, e diz: o que foi, você está mais corado, graças a Deus. Ligue para Ivo e peça a ele para vir aqui agora, trazendo a máquina zero… Pouco minutos chega Ivo, com a sua máquina zero. Diga doutor?… O que houve? Passe a máquina, tire tudo, não quero um fio de cabelo na minha cabeça… E assim foi. Tão logo terminou, levanto-me da cadeira, aí senta-se Gilcéia. Ivo, vamos cortar o meu também… Dona Gilcéia, Eu não trouxe as tesouras, etc. Não dá para fazer o seu cabelo agora. Como é comum às mulheres, elas só pedem uma vez, na segunda oportunidade, as danadas mandam, ordenam… Dona Gilcéia, o seu cabelo… Passe a máquina Ivo... E Ivo passou a máquina, deixando-a, igualmente, careca. Foi um grande alívio que senti, algo que vem de Deus quando com ele nos encontramos, quando nele cremos… Mas, o gesto maior, no caso, não foi meu, enquanto Pai, foi da Gilcéia, minha companheira e boadrasta, como as meninas a chamam …
Animado por ter encontrado uma maneira de chegar perto de Micheline com uma resposta para aquele instante que ela estava vivendo, tomei mais uma de uísque e descemos, Gilcéia e eu…

OS MÓRMONS…

Havíamos deixado a casa de Micheline e Flávio, algumas horas antes… A diferença de tempo, apenas os cortes dos cabelos e as doses de uísque… O carro para em frente à casa deles… Descemos e batemos na porta… Ouvimos Micheline dizer, ainda, com a voz embargada: “Flávio vê quem é? Ele olha pelo olho mágico e diz: Acho que é aquele pessoal dos MÓRMONS… É um casal de carecas… Abre, veja o que é? Quando Flávio abre, ele não nos reconheceu, mas Micheline foi logo dizendo: “Meu Deus, ficaram doidos... “Gil, teu cabelo...”. Nos abraçamos e aí eu chorei, pela primeira vez eu chorei na sua frente… Vimos, Gilcéia e eu a mudança no semblante de Micheline… Surgiu uma força dentro dela… Disse-lhe: O seu cabelo vai cair, mas vai crescer de novo, porque você vai se curar… Deus é Grande, não vai nos faltar...

Ela não esperou cair, resolveu passa a máquina. E aí está ela, vencendo e vencendo, melhor dizendo, segundo os seus médicos, venceu o câncer. Venceu o câncer de mama sem fechar o seu escritório de advocacia, participando das audiências, trabalhando os processos, redigindo as suas petições, atendendo aos seus clientes, cuidando da casa, do marido Flávio, da filha Valentina… E o mais bonito de tudo: fazendo palestras, dando entrevistas, lutando contra o câncer de mama. Passando lições às mulheres, com cuidado, com carinho, com amor, com valentia, afirmando sempre da necessidade de que cada uma se TOQUE. Se TOQUE e procure o médico… Que lindo minha filha…. Parabéns! Nós te amamos!

* Autor: Jurandir Carmelo –  Jurandir é pesqueirense, advogado, colaborador assíduo do blog OABELHUDO, cronista, e defensor intransigente coisas e causas da sua Pesqueira. É acima de tudo – bom pai…

Pernambuco da Sorte está sob investigação da Polícia Federal *

 

 

 

Lavagem de dinheiro »

Operação da PF investiga

a empresa Pernambuco

da Sorte

“Ação acontece em 13 estados para desarticular organizações criminosas que usam empresas filantrópicas para lavagem de dinheiro, como bingos, títulos de capitalização e caça-níqueis”

Carros de luxo apreendidos em operação que investiga o Pernambuco dá Sorte

Alguns mandados de prisão da operação que investiga o Pernambuco dá Sorte já começaram a ser cumpridos e as pessoas estão sendo levadas para a sede da Polícia Federal no estado. Também começam a ser encaminhados para lá carros de luxo que foram apreendidos.

 

 

 

A Polícia Federal realizou nessa terça-feira uma operação para cumprir 24 mandados de prisão preventiva, 12 de prisão temporária,  57 de busca e apreensão e 47 de sequestro de bens em 13 estados brasileiros. O objetivo é desarticular organizações criminosas que usam empresas filantrópicas para lavagem de dinheiro, como bingos, títulos de capitalização e caça-níqueis. De acordo com a polícia, grande parte do dinheiro seguia para uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) em Belo Horizonte, que servia de fachada para o dinheiro retornar à empresa.

Em Pernambuco, está sendo investigada a empresa Pernambuco da Sorte. Cinco endereços estariam sendo vistoriados no Recife: uma unidade da empresa na Avenida Caxangá, na zona oeste e quatro endereços residenciais, na zona sul da cidade. O grupo vinha sendo investigado há mais de um ano.

A assessoria de imprensa da PF não informou quantos dos mandados de prisão estão sendo cumpridos na capital pernambucana. As pessoas detidas serão levadas para a sede da Polícia Federal, na Avenida Cais do Apolo, para onde já começaram a ser encaminhados carros de luxo apreendidos durante a operação. Ainda esta manhã, o superintendente da PF, Marcelo Diniz, deve conceder uma entrevista coletiva sobre o assunto.

* Fonte: Diário de Pernambuco/http://diariode.pe/y8b

Educação/Brasil: Inep divulga o Gabarito OFICIAL do Enem *

 

Gabarito oficial

do Enem 2014

 

O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira)publicou nesta quarta-feira (11) o gabarito oficial do Enem 2014 (Exame Nacional do Ensino Médio), aplicado no sábado (8) e domingo (9).

Gabarito oficial do Enem 2014

  • Sábado (caderno amarelo)
  • Sábado (caderno azul)
  • Sábado (caderno branco)
  • Sábado (caderno rosa)
  • Domingo (caderno rosa)
  • Domingo (caderno azul)
  • Domingo (caderno cinza)
  • Domingo (caderno amarelo
  • Veja a correção comentada das provas

* Fonte: AEB – Agência Brasil

Brasil/Petrolão: Cada dia cai a máscara. Quantos sabiam?

 

Presidente do TCU diz que

alertou governo sobre

desvios na Petrobras

 

O Presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), ministro Augusto Nardes, disse nesta terça-feira que as apurações de irregularidades na Petrobras são “o maior escândalo da história do TCU”.

O ministro Nardes afirmou em entrevista coletiva que os desvios apurados pelo órgão já passam do R$ 3 bilhões em diversos contratos assinados pela companhia petrolífera estatal para a aquisição de empresas, bens ou a construção de novas unidades.

Segundo Nardes, que está deixando a presidência do órgão em dezembro, ele pessoalmente avisou ao governo sobre os desvios apurados pelo órgão há alguns anos, mas os alertas do órgão no foram ouvidos. Segundo Nardes, ele informou os problemas à ex-ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. Além disso, as conclusões dos relatórios de auditoria também foram mandadas para outros órgãos de controle.

(CPMI do chamado Petrolão. Governo blinda Renan e o PT – Leia abaixo)

Desde 2010 o TCU está alertando o governo sobre contratos problemáticos na estatal, mas os alertas foram ignorados. Em 2010, o tribunal colocou as obras da Refinaria Abreu e Lima (PE) e Comperj (RJ) na lista de obras que não deveriam receber recursos federais por irregularidades. O Congresso aprovou o dispositivo mas o ex-presidente Lula vetou a medida e determinou que as obras prosseguissem. Agora, nas duas construções, o TCU já apontou que os custos dessa obras estão pelo menos R$ 2 bilhões acima do valor que deveria ser pago.

Outra irregularidade apontada pelo TCU está na compra da Refinaria de Pasadena (EUA), em que o prejuízo passa dos R$ 1,7 bilhões. A estatal não concorda em prejuízo nessas operações e está recorrendo das decisões do tribunal.

Nardes revelou que pediu ao novo presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) que seja resolvido de vez uma questão jurídica entre o TCU e a Petrobras que se arrasta há quase uma década. Segundo ele, a companhia faz concorrências simplificadas por convite, praticamente escolhendo as empresas que vão trabalhar para ela sem disputa, baseada num decreto. Para o TCU, a estatal só poderia fazer isso se uma lei fosse aprovada pelo Congresso. Mas a Petrobras conseguiu 19 liminares permitindo que ela realize as concorrências simplificadas.

A ex-ministra Gleisi, hoje senadora pelo PT-PR, nega que tenha tratado com o presidente do TCU sobre irregularidades na Petrobras. “Conversamos sobre o programa de concessões do governo, conforme foi divulgado à época. Penso que, se o ministro Nardes sabia de algo a respeito da Petrobras ele deveria, como presidente do TCU, ter tomado as providências cabíveis”, afirmou a senadora

Leia também:

Josias: Governo blinda Renan e PT na CPI

* Fonte: Folha SP/DIMMI AMORA DE BRASÍLIA