Daily Archives: 17 de novembro de 2014

Petrobrás/Escândalo Petrolão: Gerente ganhava 20 mil reais e tem quase 100 milhões de dólares para DEVOLVER *

 

 

Subordinado de Renato

Duque vai devolver cerca

de US$ 100 milhões

 

Ex-gerente da Petrobras, Pedro Barusco faz delação premiada na Lava-Jato

(Ex-diretor da Petrobrás Renato de Souza Duque que está preso no Paraná. Pedro Barusco era seu subordinado)

O ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco concordou em devolver cerca de US$ 100 milhões desviados da companhia. Ele era subordinado a Renato de Souza Duque, um dos presos na Operação Lava-Jato da Polícia Federal, e fez acordo de delação premiada.

O nome de Barusco é mencionado em diversos trechos do relatório do Ministério Público Federal (MPF) sobre a operação. Dois executivos da Toyo Setal, Julio Gerin Camargo e Augusto Ribeiro de Mendonça, que fazem delação premiada sempre se referem a Barusco como o responsável por operacionalizar a propina que era paga ao ex-diretor.

O MPF já aponta no relatório que US$ 20 milhões em nome de Barusco estavam apreendidos administrativamente na Suíça pelas autoridades daquele país. Apesar de todas as menções ao subordinado de Duque, o nome dele ficou de fora dos pedidos de prisão e busca e apreensão. Isso ocorreu porque colabora com as investigações. O relatório cita ainda nove obras da Petrobras nas quais houve desvios de recursos. Em sete delas os delatores contaram ter pago propina a Duque e Barusco.

O depoimento dos delatores da Toyo Setal afirma que os pagamentos a Duque e Barusco eram feito, em sua maioria, por meio de contas na Suíça e no Uruguai. Dizem que poucos pagamentos foram feito no Brasil. Camargo afirmou que foram feitos pagamento em espécie por emissários enviados pelo ex-diretor e pelo ex-gerente. Disse que nunca entregou dinheiro diretamente nas mãos de Renato Duque pois este era “extremamente cauteloso”.

Leia também:

* Fonte: O Globo/POR JAILTON DE CARVALHO E EDUARDO BRESCIANI

Movimento Cultural/Poesia: Elevando o meu ego – Por Victor Rogério *

Elevando o meu ego

 

 

 

Olhando o infinito
Me vem a inspiração
O brilho das estrelas
A beleza da lua
A lembrança tua
Me causa emoção

Entrego-me inteiro
Isto não nego
Elevo meu ego
Com total transparência
É tua existência
Fazendo de mim
Um grande homem
Um sonhador
Pois o meu amor
Jamais terá fim

És minha amargura
O meu doce mel
Meu grande inferno
Também meu céu
És uma pedra simples
Que para mim tem valor
Fomos feitos um para o outro
Para escrevermos juntos
A mas linda e amável
História de amor.

 

* Autor: Victor Rogério – Victor é sanharoense, poeta, aluno da Escola Municipal Professor Amaro Soares de Souza e colaborador eventual do OABELHUDO. Observação: Poesia premiada na 1ª Jornada de leitura e Cultura de Sanharó, ocorrida esse mês no auditório da cultura.