Tag Archives:

Diocese de Pesqueira celebrará 95 anos com missa presidida por Dom Fernando Saburido *

DIOCESE DE PESQUEIRA COMPLETARÁ 95 ANOS

 

 

Palácio Episcopal e a sua igreja

Palácio Episcopal e a sua igreja de Nossa Senhora dos Homens

Dom Fernando SaburiboDom José Luiz Salaes Bispo da diocese de PesqueiraDSC_2367

(Dom Fernando Saburido – e Dom José Luiz Salles)

 

Por ocasião da festa dos 95 anos, a acontecer no próximo dia 2 de agosto, a Diocese de Pesqueira viverá um dia de grandes alegrias e celebrações. Logo pela manhã, os sacerdotes virão a Pesqueira para um dia de convivência e confraternização junto ao bispo diocesano. À noite, 19h, na Catedral Diocesana Santa Águeda, Dom José Luiz receberá o Exmo. Dom Fernando Antonio Saburido, Arcebispo Metropolitano de Olinda e Recife, especialmente convidado para presidir a concelebração da qual participarão sacerdotes, religiosas, seminaristas, leigos e leigas de toda a Diocese.

A missa dos 95 anos da Diocese faz parte do projeto “Vida e Missão Rumo ao Centenário” preparatório à celebração dos 100 anos da Diocese a acontecer em 2 de agosto de 2018.

* Fonte: Diocese de Pesqueira

Padre Robson Oliveira celebra missa para milhares de fiéis em Pesqueira(*)

Missa de Pesqueira  PE. Robson, centro de Pesqueira (3)

Milhares de fiéis vindos das mais diversas cidades do interior de Pernambuco, principalmente das dioceses de Pesqueira, Garanhuns, Caruaru, Afogados da Ingazeira, Salgueiro, Palmares, Monteiro-PB, compareceram, neste domingo (03), a Praça Dom José Lopes, no centro de Pesqueira (PE), para receber a visita da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno. A missa, celebrada pelo Padre Robson de Oliveira, reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, de Trindade (GO), foi transmitida ao vivo para todo o Brasil pela Rede Vida de Televisão. A celebração foi dentro das comemorações da tradicional Festa da Padroeira de Pesqueira Santa Águeda, que termina neste dia 05.

Antes mesmo chegada da Imagem Peregrina, ainda pela manhã, caravanas de várias cidades da região e até mesmo do vizinho estado da Paraíba, já chegavam ao município para esperar o evento. Logo no início da tarde, as arquibancadas (montadas naquela praça) foram tomadas e os fiéis puderam aguardar a chegada do Padre Robson, que foi aplaudido de pé pela multidão.

Em clima de muita alegria e emoção, o famoso pregador chegou a Pesqueira por volta das 16h, sendo recepcionado pelo Padre Marconni Barbosa, pároco da Catedral de Santa Águeda. Autoridades municipais também estiveram presentes. Após conversar com padres e seminaristas de toda região e integrantes da Pastoral da Comunicação, Padre Robson atendeu a imprensa que fez a cobertura do evento. A missa foi transmitida também por várias emissoras de rádio da região.
Aplaudida de pé pela multidão emocionada, a Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno chegou à Catedral conduzida pelo Padre. Robson. “Recebemos neste momento um belo presente, não só para a Paróquia de Santa Águeda, mas para toda a Diocese de Pesqueira e todo o Estado de Pernambuco, a visita da Imagem Peregrina”, destacou Padre Marconni.

Padre Robson Oliveira no momento que chegava com a Imagem.

Padre Robson saudou o público agradecendo o carinho recebido e pediu reverências à Santa Águeda, padroeira de Pesqueira. “É com muita alegria que estamos participando da Festa de Santa Águeda, a Festa da Padroeira de Pesqueira, trazendo a Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno a esta cidade tão abençoada”, afirmou.

DONATIVOS – Durante toda a programação da festa, nas liturgias e quermesses, a paróquia de Santa Águeda recolheu donativos que serão doados para as famílias atingidas pela grave estiagem que assola o município. Padre. Robson também falou sobre a seca e disse que “além da benção de Deus para as famílias que têm necessidades, em todas as regiões do país, precisamos cobrar mais justiça social dos governantes para dar um fim à indústria da seca”.

Ao final da missa, o Pe. Robson ergueu a Imagem Peregrina, que foi aplaudida com veemência pelos fiéis. Eles gritavam: “Viva o Divino Pai Eterno” e “Viva Santa Águeda”. Uma réplica da Imagem do Divino Pai Eterno foi doada à Paróquia de Pesqueira e, nos próximos dias, segundo o Padre Marconni, ficará exposta para visitação do público.

(*) Colaboração do Jornalista Flávio J. Jardim

RELIGIÃO CATÓLICA: Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno Chegará a Pesqueira.

 

imagem_pai_eterno

 

Pesqueira é a primeira cidade do interior de Pernambuco a receber a visita da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno, no próximo dia 3 de fevereiro. Ela será guiada pelo missionário redentorista, padre Robson de Oliveira, reitor do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade, localizada no Estado de Goiás. A Imagem Peregrina chega ao aeroporto de Belo Jardim por volta das 14h e segue de carro para a Catedral de Santa Águeda, no centro de Pesqueira, onde milhares de fiéis e devotos vão esperar o Ícone Sagrado. A visita acontece durante as comemorações da tradicional Festa de Santa Águeda, padroeira de cidade, que acontece de 27 janeiro a 5 de fevereiro.

Uma ampla estrutura está sendo montada para abrigar o evento, que pela primeira vez ocorre em um dos municípios que compõem a Diocese de Pesqueira. Após a chegada da Imagem milhares de pessoas devem lotar a Praça Dom José Lopes, onde haverá adorações e momentos de fé. Em seguida, às 17h, o padre Robson presidirá a celebração da Santa Missa, que será transmitida ao vivo pela Rede Vida de Televisão e emissoras locais de rádio. A expectativa do responsável pela acolhida, padre Marconi Barbosa, pároco da Catedral de Santa Águeda, é de que quase 30 mil pessoas participem do evento religioso.

O Coral do Carmo do Recife anima a visitação durante a Missa Campal, esperada por todos os pernambucanos e pelos fiéis da Diocese de Pesqueira, que congrega 13 cidades do Agreste e Sertão de Pernambuco. Esta visita, segundo a Diocese, é a continuação de um trabalho evangelizador realizado desde 2008 pelo reitor do Santuário Basílica de Trindade. A Imagem Peregrina já percorreu, em todo o país, mais de 250 mil quilômetros, o equivalente a mais de seis voltas ao mundo.

No total, o Ícone Sagrado foi acolhido por mais de dois milhões de devotos por todo o País. Padre Robson afirma que percorrer o Brasil com esse trabalho missionário é, antes de tudo, uma responsabilidade e um compromisso com Deus. De acordo com padre Marconi Barbosa, pároco de Pesqueira, é com muita alegria que a comunidade cristã recebe o ícone e também o padre Robson.

O sacerdote afirma que, com as novenas diárias e as missas transmitidas pela televisão, nasceu a devoção ao Pai Eterno que, em toda região, tem mais de 20 mil afilhados. “Por meio dos meios de comunicação, o povo da Diocese de Pesqueira aprendeu a ter fé. A devoção se espalhou pela zona rural e por todos os lugares se popularizou”, afirma Pe. Marconi.

A imagem peregrina passará por várias cidades do Brasil este ano. Na agenda de 2013 estão confirmadas dezenas visitas. Em Pesqueira, uma réplica da Imagem será doada à Diocese e colocada na Catedral para futuras visitações e orações.
História da devoção

A devoção ao Divino Pai Eterno em Trindade, com uma história de mais de 170 anos, motivou esta e outras visitas em todo o Brasil. A história narra que, por volta do ano de 1840, o casal Constantino e Ana Rosa Xavier encontrou, enquanto trabalhava na lavoura, um medalhão de barro de aproximadamente 8 centímetros com a estampa da Santíssima Trindade – Pai, Filho e o Espírito Santo – coroando Nossa Senhora. Eles beijaram a imagem, levaram-na para casa e a notícia rapidamente se espalhou, juntamente, com uma sucessão de milagres.

O sacerdote Robson de Oliveira, que acompanha o ícone, é membro da Congregação dos Missionários Redentoristas, o mesmo grupo que atua no Santuário de Aparecida, em São Paulo. Após exercer trabalhos na Pastoral Vocacional e na formação de jovens para a vida religiosa no Seminário, foi para a Irlanda e, em seguida, para Roma, onde fez mestrado em Teologia Moral pela Universidade do Vaticano.

Ao voltar de Roma, sentiu necessidade de ampliar a difusão da devoção ao Divino Pai Eterno e, para isso, buscou espaços na televisão. Em nível nacional, as novenas “Filhos do Pai Eterno” e “Nossa Senhora do Perpétuo Socorro”, e o “Santo Terço dos Filhos do Pai Eterno”, bem como as transmissões do Santuário, são exibidas pela Rede Vida de Televisão. Também faz parte do trabalho evangelizador a visita da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno às dioceses brasileiras e outras cidades no exterior.

Com pregações e preces sobre temas relacionados à vida humana, em sua essência, o padre e sua equipe conquistaram o carinho de pessoas de todos os cantos do País. Amado por muitos católicos, o padre Robson, que também é benquisto pelos evangélicos, recebe milhares de testemunhos de conversões e graças alcançadas, vindas de diversas regiões do Brasil e também de outros países.

FESTA DE SANTA ÁGUEDA E A SECA

Durante as novenas da tradicional Festa de Santa Águeda, a equipe que organiza as quermesses vai recolher alimentos não perecíveis e água potável, que serão doados as famílias carentes do município, afetadas pela grave seca que assola toda região. Os féis podem levar os donativos e entregar nas barracas credenciadas, durante toda a Festa de Santa Águeda.
Mais informações:

Contatos em Trindade-GO:
Tayrone di Martino: (62) 7812-3144 ou (62) 8486-2311
Nextel: 85*14578. Gabriela Canseco (62) 3933-3800

CONTATOS EM PESQUEIRA-PE
Secretaria da Catedral de Santa Águeda
Padre Marconi Barbosa (81) 9657 2371
Rafaela (87) 3835 – 1858

*Fonte : Flávio J Jardim / Repórter (87) 9142 1854 / flaviojjardim@yahoo.com.br

QUER PASSAR EM CONCURSO PÚBLICO? Nunca se dedique menos do que 100%…*

 

Para conquistar o objetivo de ter o Governo como patrão, é preciso ultrapassar limites, sejam eles físicos ou psicológicos

“Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo para vencer é tentar mais uma vez.” (THOMAS EDISON)

Hoje, na “fila” em busca da carreira pública, existem dois tipos de concorrentes: os que serão aprovados e os que desistirão no caminho. Costumo repetir em minhas palestras e registrar em meus artigos que todo mundo passa em concurso público. No entanto, para conquistar algo na vida, carecemos de traçar previamente estratégias que nos conduzam ao êxito. Vejamos algumas dessas estratégias bem-sucedidas formuladas por candidatos que conquistaram a vaga pretendida. Vamos aprender com os vencedores.

A primeira regra de ouro é: acostume-se a estudar em grupo. A troca de experiências permite uma evolução muito grande se você estiver aberto a ensinar ou a aprender algo novo. Tenha em mente, ainda, que há diferenças entre grupos formados somente por homens ou somente por mulheres: eles tendem a tomar decisões baseados na razão, ao passo que elas usam mais o coração. Você deve saber aproveitar ao máximo a contribuição de cada um. O grupo ideal é formado por seis componentes, no máximo: três homens e três mulheres.

Os candidatos estão cada vez mais bem-preparados. Diante disso, é preciso que você desenvolva uma boa técnica e mantenha a cabeça fria e a dedicação para ser aprovado e classificado. Para vencer, você deve minimizar suas fraquezas e potencializar seus pontos fortes. Conheça bem o inimigo – a senhora banca examinadora: desmembre o conteúdo do edital, ponto a ponto. Se você se tornar extremamente eficiente no que faz, a chance de se dar bem é multiplicada. Lembre-se: não pode haver êxito se você não desenvolver gosto pela rotina de estudo. Nenhuma matéria pode ser desprezada; nenhum conteúdo pode ser “deixado para lá”; nenhuma saída do ambiente de estudo é permitida, sem que você leve algum material para leitura.

LEIA O TEXTO NA ÍNTEGRA:

http://congressoemfoco.uol.com.br/opiniao/colunistas/quer-passar-nunca-se-dedique-menos-do-que-100/#header

 

*Fonte: Congressoemfoco/Autor: José Wilson Granjeiro.

HOJE NA HISTÓRIA : 81 ANOS DO CRISTO REDENTOR. *

12 de outubro de 1931:

A inauguração do Cristo Redentor

 

 

 

“A maior, a mais imponente de todas as demonstrações de fé que a população brasileira já realizou, entre quantas já temos assistido, será sem dúvida a de amanhã, com a inauguração do monumento de Christo Redemptor no Corcovado. Toda a cidade se movimentará hoje e amanhã para participar das grandes festas numa expressiva manifestação do seu espírito religioso“.Jornal do Brasil

A matéria da edição de 11 de outubro de 1931 do Jornal do Brasil, véspera da inauguração do monumento, traduzia a expectativa em torno da edificante epopeia: uma estátua art decó de 38m, com mais de mil toneladas em concreto armado e pedra sabão, erguida no topo de um morro de mais de 700m de altitude.

Incentivada por uma campanha nacional que arrecadou fundos com doações da comunidade, a realização do ousado projeto do engenheiro Heitor da Silva Costa contou com a participação do artista plástico Carlos Oswald e do estatuário Paul Landowski.

A ideia da construção do Cristo Redentor surgiu em 1921 para fulgurar entre as comemorações do Centenário da Independência do Brasil no ano seguinte. O projeto de Heitor da Silva Costa foi escolhido num concurso realizado em 1923. A pedra fundamental foi lançada em 1926. O empreendimento foi executado em cinco anos.

A festa da fé

Conduzida pelo episcopado, na figura maior do Cardeal Arcebispo Sebastião Leme, a inauguração suscitou uma onda de fé jamais vista no país. Peregrinos chegavam de todas as partes para reunir-se em cortejos, orações e missas ministradas em diferentes pontos da cidade.

Cardeal Dom Sebastião Leme: ” a inauguração suscitou uma onda de fé jamais vista no país”.

Uma liturgia pela reafirmação de Cristo como rei do Brasil, condição coibida logo após a proclamação da República, quando, com a decretação da separação entre a Igreja e o Estado, garantiu-se a liberdade religiosa.

Escrevia-se, assim, as primeiras linhas da história de um dos mais visitados e reconhecidos cartões-postais do turismo internacional.

 

Assistam o video alusivo ao evento;

 

 

*Fonte: JB – Hoje na História

JUDEUS : Teshuvá – O RETORNO. Por Beatriz Schvartz.*

JUDEUS

Teshuvá  –  o retorno

 

Primeira Sinagoga das Américas, na rua do Bom Jesus – Recife-PE.

 

 

Avizinha-se o fim do ano judaico de 5772, e, ao entardecer e aparecimento da primeira estrela do dia 16 de setembro de 2012, começa a comemoração do Novo Ano judaico lunissolar de 5773, que se estende pelos dias 17 e 18. Coincide com a criação do primeiro homem – Adão  e assinala o aniversário de toda a humanidade.

A passagem de um ano para o outro, no judaísmo, não se restringe simplesmente ao virar da folhinha do calendário. Representa algo além de um evento de caráter social festivo. É focado na reflexão e na fé em Deus e não possui conotação histórica.

O judeu integrado no judaísmo encara o evento como uma oportunidade de mergulhar para dentro de si mesmo e se auto-analisar com vistas às suas próprias ações praticadas ao longo do ano que passou. Reflete sobre a sua competência para melhorar a sua qualidade de vida, no que diz respeito à sua relação com Deus, com o seu semelhante e consigo mesmo, de tal forma que possa dar a sua contribuição para um mundo melhor.

O Ano Novo judaico  Rosh Hashaná (cabeça do ano)  tem por objetivo proporcionar ao ser humano a condição de “dialogar” com Deus para obter a sua inscrição no Livro da Vida para o novo ano que se inicia.

Evidentemente, é difícil, quase impossível, encontrar pessoas que, na rotina diária, não cometem erros, nem adotam posturas inadequadas com relação a Deus e ao próximo, enfim, que não pequem, das formas mais diversas, que variam da falta de amor à ganância exacerbada, das injustiças sociais aos crimes ecológicos.

Todos esses fatos são levados em consideração por Deus, em Rosh Hashaná, também conhecido por Yom hadin – Dia do Julgamento  e Yom Hazikaron – Dia da Recordação. Acontece nos dois primeiros dias do sétimo mês – tishrei – do calendário judaico e a data é móvel, ocorrendo, normalmente, entre os meses de setembro e outubro do calendário civil.

O julgamento se prolonga por dez dias – Yamim Noraim (Dias de Temor)  e, no décimo dia, conhecido por Yom Kipur (Dia do Perdão), a sentença divina é selada.

Nesses dias Deus seleciona quem viverá e quem não continuará vivo no novo ano que se inicia.

“Por transgressões entre o Homem e Deus, o Dia do Perdão perdoa, mas por transgressões entre o homem e seu semelhante, o Dia do Perdão não perdoa, a menos que primeiro tenha-se reconciliado com o seu semelhante“. (Ioma 8:9).

O arrependimento sincero – teshuvá  é uma forma do ser humano alcançar o perdão divino, e, conseqüentemente, a sua inscrição no Livro da Vida. Porém, esse arrependimento envolve o compromisso, sério e verdadeiro, consigo mesmo, no sentido de mudar o seu comportamento com relação a Deus e ao próximo. Daí, teshuvá também significa retorno.

A comemoração de Rosh Hashaná tem início com um serviço litúrgico nas sinagogas, seguido de uma ceia familiar, nas residências, levada a efeito na véspera do primeiro dia (o dia do calendário judaico começa no entardecer do dia anterior). São vários os símbolos tradicionais utilizados, tais como: um pão trançado redondo (chalá) e/ou uma maçã embebidos em mel preconizando um ano doce, um peixe inteiro servido com a cabeça, lembrando que o homem deve sempre procurar ser líder (cabeça) e não submisso (cauda), velas acesas, santificação do vinho, frutos da terra etc.

O caráter solene das orações pronunciadas nos dois dias do Ano Novo, direcionadas à expectativa de cada um para a sua inscrição na lista dos que continuarão vivos, não afeta a alegria das saudações entre os membros da comunidade, pessoalmente, ou através de cartões de Shaná Tová (Ano bom), que são trocados entre familiares e amigos distantes.

*Fonte – JC/Cidades

 

Beatriz Schvartz, é assessora de cultura judaica do Arquivo Histórico Judaico de Pernambuco (AHJP).
Eis uma foto dela ao lado de Tânia Neumann Kaufman, presidente do AHJP.(Foto gentilmente enviada por Leonor Medeiros)

 

 

Autora: Beatriz Schvartz, é assessora de cultura judaica do Arquivo Histórico Judaico de Pernambuco

PERSONALIDADES : IGREJA FARÁ A TRANSLADAÇÃO DOS RESTOS MORTAIS DE DOM HÉLDER, DOM LAMARTINE E PADRE HENRIQUE. *

Eduardo Campos vai acompanhar

homenagem a Dom Hélder

 

 

Dom Hélder Câmara – O Dom da Paz.

Padre Antonio Henrique Pereira.Assassinato nunca esclarecido.

Dom José Lamartine.

 

O governador Eduardo Campos vai acompanhar, nesta segunda-feira (27), a missa para lembrar 13 anos da morte de Dom Hélder Câmara. A celebração vai encerrar o ciclo de homenagens feitas ao arcebispo com a transladação dos restos mortais de Dom José Lamartine, bispo auxiliar e do padre Antônio Henrique Pereira para túmulos definitivos para uma capela lateral, na Igreja da Sé. Os restos de Dom Hélder, vão sair da igreja principal para se juntar aos dos dois religiosos na capela lateral.

 – » Fiéis homenageiam Dom Hélder com missa no Recife;

 – » Restos mortais do Padre Henrique ao lado dos de dom Helder;

Dom Lamartine foi bispo auxiliar e o padre Henrique, assessor da Pastoral da Juventude durante o pastoreio de Dom Hélder Câmara. Padre Antônio Henrique foi torturado e assassinado no ano de 1969 durante o Regime Militar. O sacerdote é tido como “Mártir da Juventude da Arquidiocese de Olinda e Recife”.

Agentes das pastorais e de representantes das 109 paróquias que compõem a arquidiocese participarão do ato litúrgico. Na ocasião, a irmã do padre Henrique, Izaíra Pereira Padovan, lançará livro biográfico sobre o sacerdote. O título da obra é “Padre Antônio Henrique – Dissimulações do Regime Militar de 64”. O livro começou a ser escrito pela mãe do padre Henrique e concluído pela irmã.

 

* Fonte: NE10

TEMPOS MODERNOS : PROCISSÃO CRISTÃ NA ESPANHA AO SOM DE – “Ai se eu te Pego”. (*)

AI SE EU TE PEGO…

 

Música de Michel Teló vira trilha

para procissão religiosa na Espanha

 

O fato inusitado aconteceu durante a procissão da Semana Santa em Alhama de Múrcia, na Espanha. Além da canção “Ai se Eu Te Pego”,  de Teló, a procissão do Cristo Ressuscitado, ocorreu ao som da música oficial da última Copa do Mundo, “Waka Waka” (This Time For Africa) da cantora colombiana Shakira.

 

 

Não é a primeira vez que a procissão religiosa utiliza músicas “diferentes”. Em 2010, a procissão teve como trilha uma música tradicional espanhola chamada “Chocolate Paquito”.

O vídeo já foi visto por mais de 1,5 milhão de internautas, principalmente, na Espanha, Itália, Portugal, México e Brasil.

(*) Fonte: Globo.com/video Youtube

19 de MARÇO – DIA DE SÃO JOSÉ

O “LEMBRAI-VOS” À SÃO JOSÉ

 

São José com o Menino Jesus

 

Lembrai-Vos ó puríssimo esposo da Virgem Maria, me doce protetor São José, que jamaia se ouviu dizer que alguém tivesse invocado Vossa proteção e implorado Vosso socorro e não fosse por Vós consolado.
Com esta confiança venho a Vossa presença; a Vós fervorosamente me recomendo. Oh! Não desprezeis as minhas súplicas, pai do Redentor, mas dignai-Vos de Acolhê-las piedosamente.

Amém!

Mensagem do Grupo Jovem, distribuída e lida na missa de São José realizada hoje, 19/03 na Matriz do Sagrado Coração de Jesus de Sanharó.

FÉ E RELIGIOSIDADE : IGREJA DE SAL, CONSTRUIDA POR MINEIROS POLONESES.

A IGREJA DE SAL

 NA POLÔNIA

 

Catedral de Sal na Polônia. Obra prima de engenharia e Religiosidade.

 

 

 

As minas de Wieliczka, na Polônia, foram usadas por séculos para a retirada de sal – mas os mineiros deixaram algo muito mais valioso para trás: uma catedral.

Isso mesmo, essa construção que você vê na foto está 200 metros abaixo da terra e foi montada pelos próprios mineiros. Lá podem ser vistas cenas religiosas e objetos que os trabalhadores trouxeram.

 

Tudo por lá é feito de sal, incluindo os candelabros.

Se você quiser visitar o lugar, Wielicza é uma cidade pequena, que fica perto de Cracóvia. É possível ir de ônibus de uma cidade para a outra.

Mineiros transformaram o "buraco" numa obra de Fé e Suntuosidade...

 

Fonte: Revoada