Tag Archives: Saúde

VIDA SAUDÁVEL : PERNAMBUCANA FAZ DIETA REGULAR E PERDE 23 KILOS.

Pernambucana perde 23 kg

com exercícios e dieta saudável

 

Com programa, Angélica Neves aprendeu o que é jump e agora faz aulas. Em um ano, ela perdeu 23 kg e mudou a alimentação dela e da família.

 

A pernambucana Angélica fez uma boa dieta e perdeu 23 quilos.

 

A pernambucana Angélica Neves, de 27 anos, eliminou 23 kg desde o final do ano passado, quando passou a comer melhor. Resolveu incluir na dieta pão integral, leite desnatado e muitas frutas.

Ao conhecer o Bem Estar, ela ainda estava nesse processo de baixar de 85 kg para 62 kg – agora tem 67 kg em 1,66 m, porque se achou magra demais e com “cara de doente”. Desde fevereiro, entendeu os benefícios da atividade física.

“Emagreci, mas fiquei muito flácida nos braços e na barriga. Com os exercícios, diminuí a barriga, ganhei cintura e já vejo músculos nas pernas”, conta. Angélica também diz que reduziu muito a celulite nas coxas e no bumbum.

Celulite, aliás, foi um dos assuntos sobre os quais a moradora de Jaboatão dos Guararapes aprendeu com o programa. “As pessoas acham que celulite é por causa do açúcar, não do sal. Agora podem tomar refrigerante!”, brinca.

A fã do Bem Estar também revela que aprendeu que a gordura abdominal faz muito mal – é fator de risco para doenças cardiovasculares – e que o excesso de peso pode favorecer o ronco. “Meu marido tem sobrepeso, ronca, e agora vai ao médico”, afirma.

O marido Carlos Henrique e o filho Willames Ronaldo também são incentivados por Angélica a fazer atividade física. O menino de 11 anos está praticando natação e futsal desde março e já perdeu 5 kg. “Ele estava gordinho, agora entrou na linha. Levo-o para caminhar na praia, cortei o biscoito, o refrigerante. Ele reclama, mas tem que aprender a viver sem”, diz a mãe.

A pernambucana também relata que deixou de fumar em 2010 e, há 6 meses, parou de tomar cerveja todos os finais de semana. “Hoje, bebo uma vez por mês, e é vodca”, conta.

Com a ajuda de uma nutricionista e uma endocrinologista, Angélica não consome mais coxinha, cachorro-quente, chocolate, açúcar e refrigerante. Com a perda de peso, as dores nas costas sumiram.

Na academia, a fã do programa faz jump aquático duas vezes por semana, bicicleta três vezes por semana e musculação quatro vezes por semana. Ainda anda na esteira e faz transport diariamente.

“Antes de emagrecer, tinha vergonha de ir à academia e usava um simulador de caminhada em casa, mas não muito”, conta. Com o Bem Estar, a telespectadora aprendeu o que é jump e step.

Veja abaixo o cardápio dela em um dia normal:

 

Café da manhã
1 sanduíche de pão integral com uma fatia de peito de peru light
1 copo de achocolatado light com leite desnatado

Lanche da manhã
Alguma fruta, como banana, melão, maçã, uva, pera, ou um pacotinho de biscoito salgado integral

Almoço
3 colheres de arroz integral
1 concha de feijão
1 pedaço de carne pequeno e muita salada (cenoura, beterraba, cebola, tomate, alface e pepino) temperada só com azeite

Lanche da tarde
Um pote de iogurte light, coalhada ou fruta

Jantar
Um prato de aveia com 4 bolachas integrais. Ou repito o café da manhã.

 

Luna D’Alama
Do G1, em São Paulo

MEDICINA : MENINO INGLÊS DESAFIA O CÂNCER COM TRATAMENTO ALTERNATIVO.

 

Menino desafia opinião médica e

sobrevive a câncer com terapia

fotodinâmica

 

Garoto Inglês Connah Broom - Dez de seus 11 tumores desapareceram após início de tratamento alternativo.

 

 

Um menino de 10 anos de idade diagnosticado com uma rara forma de câncer em 2006 vem surpreendendo especialistas na Grã-Bretanha pela melhora em seu estado de saúde depois de se submeter a um tratamento alternativo à quimioterapia.

Connah Broom, da cidade de Flintshire no País de Gales tinha 11 tumores e a quimioterapia apresentava poucos resultados.

Mas após se submeter ao tratamento, conhecido como terapia fotodinâmica e que custou mais de 200 mil libras (equivalentes a cerca de R$ 560 mil), resta ainda apenas um dos tumores.

Seu médico descreve seu estado físico como impressionante e sua família diz que ele está bem.

A avó, Debbie Broom, explicou que após a quimioterapia e outros tratamentos tradicionais terem sido descartados, a família começou a procurar outras formas de combate ao câncer raro, conhecido como neuroblastoma, uma doença que afeta cerca de 80 crianças na Grã-Bretanha anualmente.

Em 2007, eles ouviram falar de uma clínica privada no México que oferecia o tratamento de terapia fotodinâmica.

O tratamento usa laser, e outras fontes de luz, combinado com um medicamento que reage à luz (chamado de agente fotossensível) para destruir células cancerígenas.

Em alguns países, como na Grã-Bretanha, a técnica é usada para o tratamento de algumas formas de câncer, como o de pele.

O garoto se submeteu a um tratamento intensivo de duas semanas no México, segundo a avó.

Ele prosseguiu então com a terapia em casa, onde mora com os avós e o pai.

Resultados

Agora, após quatro anos, Debbie diz que os 10 tumores secundários do neto se foram.

“Estamos lutando e Connah também. Ele está se saindo muito bem”, diz ela.

Ele ainda tem o tumor primário em seu abdômen e se submete a sessões de duas horas de tratamento, quatro dias por semana.

O garoto também frequenta uma escola em período integral, toca teclado, canta, dança e gosta de jogar futebol e fazer ginástica.

A avó está convencida de que o tratamento, aliado a uma dieta orgânica, é o segredo do sucesso do neto.

No entanto, o médico de Connah, Eamonn Jessup, não sabe se o tratamento surtiu efeito ou foi seu corpo que combateu o câncer.

“Seu estado é impressionante”, diz ele. “É realmente inexplicável que a maioria dos tumores tenha desaparecido.”

Não sei se é por causa do regime seguido ou do tratamento”, finaliza.

A avó diz que a família continuará com o tratamento até que o último tumor desapareça.

Fonte: BbcBrasil

GOVERNO DO ESTADO DIZ QUE CONSTRUIRÁ UM GRANDE HOSPITAL NO AGRESTE.

Eduardo inicia construção do

quarto hospital da sua gestão

 

Maquete do que será o novo Hospital Mestre Vitalino.

 

 

“Será o maior hospital entregue pelo nosso Governo e o maior equipamento da saúde pública no interior”. Assim Eduardo Campos definiu o Hospital Mestre Vitalino (HMV), que começou a ser construído nesta quarta-feira (30), às margens da BR-104, em Caruaru, no Agreste pernambucano. O investimento é de R$ 75 milhões e a inauguração está prevista para junho de 2013.

O HMV será o quarto hospital inaugurado pela atual gestão estadual que já entregou o Miguel Arraes (Paulista) e o Dom Hélder (Cabo) e, que no próximo dia 08 abre as portas do Pelópidas Silveira (Curado). O Mestre Vitalino vai realizar atendimentos de média e alta complexidade e beneficiar 1,2 milhão de pernambucanos de 32 municípios da região. Gente como a bezerrense Dayse Gomes, 26. “Estávamos mesmo precisando desse apoio. Vai ajudar, com certeza, antes, dependendo do caso, tínhamos de ir até para o Recife”, disse a jovem.

Quando estiver em pleno funcionamento, o HMV terá capacidade de atender 6 mil pacientes por mês na urgência e emergência. Para efeito comparativo, o Hospital Miguel Arraes atende 4.300. O hospital caruaruense vai oferecer internação e atendimento ambulatorial – mil consultas/mês – de egressos em Clínica Médica, Cirurgia Geral, Neurologia Clínica, Cirurgia Vascular, Psiquiatria, Pediatria Clínica e Cirúrgica, Cardiologia, Urologia e Oncologia. “É a primeira urgência cardiológica de verdade no interior de Pernambuco”, afirmou o secretário de Saúde, Antonio Carlos Figueira.

A prefeitura de Caruaru doou o terreno de 4,7 hectares (equivalente a quase cinco campos de futebol) onde vai ficar o hospital. “Estamos satisfeitos com o volume de obras da saúde para o município, vamos ter a maior estrutura de saúde do interior”, frisou o gestor municipal José Queiroz, referindo-se à UPA que já está funcionando na cidade à UPA Especialidades recém-anunciada e à reforma no Hospital Regional do Agreste (HRA).

Aliás, a primeira parada do governador em Caruaru nesta quarta foi justamente no HRA, para inaugurar a nova emergência da unidade. Foram investidos R$ 3,2 milhões em reforma e compra de equipamentos de última geração. Com isso, a unidade duplicou sua capacidade de leitos, passando a ter 40 vagas de internamento. “Além de inaugurar novos hospitais, temos feito um enorme esforço para cuidar das unidades existentes, como aqui, o Regional do Agreste, que foi inaugurado pelo meu avô”, lembrou Eduardo.

A ampliação da emergência do Hospital Regional do Agreste faz parte de um pacote de obras que inclui ainda a ampliação do Núcleo de Reabilitação Física, do setor administrativo e da Unidade de Terapia Intensiva. No primeiro semestre de 2012, serão entregues os 70 novos leitos da enfermaria de ortopedia e as novas salas de cirurgia do bloco cirúrgico.

PortalPE

BRASIL – SAÚDE ; APOSENTADOS E DEMITIDOS PODERÃO MANTER O PLANO DE SAÚDE.

Aposentado e demitido

manterão plano de saúde

 

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou uma resolução que assegura aos trabalhadores demitidos sem justa causa o direito de continuarem como beneficiários do plano de saúde que tinham na empresa, com as mesmas coberturas, desde que eles já contribuíssem com parte do valor e passem a pagar o valor integral das parcelas.

Os empregados demitidos poderão permanecer no plano de saúde por um período equivalente a um terço do tempo em que foram beneficiários na empresa, respeitando-se o limite mínimo de seis meses e máximo de dois anos. No entanto, a regra não se aplica para ex-empregados que não contribuíam com o pagamento do plano de saúde.

A nova norma garante ainda o direito de os aposentados que contribuíram por mais de dez anos permanecerem no plano pelo tempo que quiserem, também com a exigência de que assumam o pagamento integral das parcelas. Quando o período for inferior a dez anos, cada ano de contribuição dará direito a um ano no plano coletivo depois da aposentadoria. As regras valerão em 90 dias.

Portabilidade. Uma das novidades da nova regra é o direito de o demitido ou o aposentado fazerem a portabilidade do plano para outras operadoras. A portabilidade garante a mudança de plano sem cumprir carências.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

BELO JARDIM : MINISTÉRIO DA SAÚDE INSTALARÁ ACADEMIA DE SAÚDE.

O Ministério da Saúde anunciou hoje a lista dos primeiros 1,828 municípios selecionados para participar do Academias de Saúde, um projeto que prevê a criação de espaços para atividade física financiados pelo governo. A meta é que 4 mil pontos para prática de exercício sejam instalados.

Nesta primeira etapa, serão construídas 2 mil academias. Para cada centro, o Ministério da Saúde vai repassar R$ 180 mil. Além disso, mensalmente vai destinar R$ 30 mil para serem aplicados no custeio e pagamento de profissionais. “As academias são mais do que espaços de lazer, elas representam uma estratégia para prevenção de uma série de doenças”, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Ele observa que exercícios físicos são essenciais para combater e prevenir a obesidade e as várias doenças que a ela estão relacionadas. Pesquisas do Ministério da Saúde mostram que 50% da população brasileira está acima do peso e 15% é obesa.

SEDENTARISMO E OBESIDADE – De acordo com o estudo Vigitel 2010, 16,4% dos brasileiros são sedentários; ou seja, pessoas que não fazem nenhuma atividade física no tempo livre, nem mesmo nos deslocamentos diários ou em atividades como a limpeza da casa ou outros tipos de trabalho. A pesquisa também mostra que, nos períodos de lazer, 25,8% dos brasileiros passam três ou mais horas em frente à TV, durante cinco ou mais vezes por semana. Além disso, apenas 15% dos adultos são ativos no tempo livre, com maior proporção entre homens (18,5%) na comparação com as mulheres (12%) e existe diferença importante em relaçao a escolaridade, 12% da populaçao com menos escolaridade é ativa e 20% da populaçao com 12 anos ou mai s de escolaridade é ativa, mostrando a importancia de investir em espaços que promovam atividade física para ampliar o acesso da populaçcoa de baixa renda. A Organização Mundial de Saúde recomenda a prática de 30 minutos de atividade física, durante cinco ou mais dias por semana.

Outro indicador preocupante se refere ao sobrepeso e à obesidade. O Vigitel 2010 mostra que 48% dos brasileiros estão acima do peso e, desses, 15% são obesos. “A obesidade é, em geral, consequência de alimentação inadequada e inatividade física, o que pode levar ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares e diabetes, por exemplo”, alerta Deborah Malta.

Estadão/Ascom/MS

SAÚDE PÚBLICA: “CARRAPATO” EM QUEIJO CAUSA PREJUÍZO A EMPRESA. (bem feito…) – Colaboração de Rico Soares Muniz

Família encontra carrapato em

queijo e deve receber R$ 40 mil,

diz TJMG.

 

Queijos um dos "amores" dos brasileiros...

 

Parasita teria sido encontrado após consumo de mais da metade do produto.

Supermercado e fábrica podem recorrer da decisão ao STJ.

 

Uma família deve ser indenizada em R$ 40 mil por danos morais depois de encontrar um carrapato e um pedaço de pano em um queijo comprado em um supermercado de Belo Horizonte. O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) divulgou a decisão da 18ª Câmara Cível nesta sexta-feira (27). O julgamento aconteceu no dia 19 de abril e a determinação foi publicada em 11 de maio. De acordo com a assessoria do tribunal, o supermercado e a fábrica podem recorrer da decisão ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).
Segundo informações da denúncia, divulgadas pelo TJMG, um casal e as duas filhas compraram o queijo tipo ricota de uma empresa de laticínios, em maio de 2007, em um supermercado da capital. O carrapato e o pedaço de pano teriam sido encontrados após o consumo de mais da metade do produto.
Durante o julgamento, o supermercado teria declarado que não havia provas da falha na prestação de serviço e que “a responsabilidade civil nos casos de acidente de consumo é restrita ao fabricante”.
Ainda segundo o TJMG, a empresa responsável pela produção da ricota, teria alegado que utiliza os “mais modernos padrões de fabricação e sem utilização de panos. E mais ainda, em altas temperaturas, o que leva à dedução da impossibilidade total da existência de qualquer tipo de animal ou qualquer tipo de dejeto nos produtos”.
O juiz da 5ª Vara Cível da capital, Antônio Belasque Filho, condenou a fábrica de laticínios e o supermercado a pagar R$ 10 mil a cada um dos autores, totalizando os R$ 40 mil.
O supermercado recorreu da determinação, mas o relator do recurso, desembargador Mota e Silva, confirmou a sentença de 1ª instância alegando que “o fabricante, o distribuidor e o comerciante respondem por danos causados em razão de presença de corpo estranho em produto que se mostra impróprio para o consumo, impondo-se a cada um deles garantir a sua qualidade e adequação”, baseando-se no Código de Defesa do Consumidor.
Os desembargadores Arnaldo Maciel e Guilherme Luciano Baeta Nunes concordaram com a decisão.

 

Do G1 MG

SAÚDE: TAMANHO DO PULSO PODE INDICAR PRÉ-DIABETES.

Tamanho do pulso pode indicar pré-diabete

Estudo relaciona medida do pulso e resistência à insulina em crianças e jovens com sobrepeso

 

 

 

SÃO PAULO – Medir a circunferência do pulso pode ser uma nova forma de identificar quais crianças e adolescentes obesos têm maior risco de desenvolver resistência à insulina e doença cardiovascular, afirmam cientistas em artigo publicado na revista Circulation, da American Heart Association.

Ao analisar as medidas de 477 jovens, os pesquisadores verificaram que aqueles que tinham o osso do pulso aumentado tinham 17% mais chance de desenvolver resistência à insulina. A resistência à insulina, também chamada de pré-diabete, é uma condição em que o organismo produz a insulina, mas não consegue usá-la de forma eficiente no metabolismo da glicose. A disfunção metabólica é um fator de risco para o desenvolvimento, no futuro, de doença cardiovascular.

Segundo os autores, o tamanho do pulso mostrou ser um indicador mais preciso para prever o risco de resistência à insulina do que o índice de massa corporal (IMC). Estudo anteriores mostraram que, durante o período de crescimento, os altos níveis de insulina circulando no organismo atuam como um anabolizante para o tecido ósseo. O estudo não aponta, contudo, qual é a medida considerada normal e a partir de que tamanho o risco estaria presente.

Se novos estudos conseguirem validar uma tabela com as medidas consideradas ideais de acordo com o sexo, a idade e as diferenças populacionais, a descoberta terá grande importância na prática clínica, afirma Marcus Malachias, da Sociedade Brasileira de Cardiologia. “Hoje, não temos bons métodos para diagnosticar resistência à insulina em crianças. E o problema está se tornando cada vez mais comum entre elas”, completa.

PRÉ-DIABETE: O QUE É? Também chamada de resistência à insulina, é uma condição em que o organismo produz esse hormônio, mas não consegue usá-lo de forma eficiente no metabolismo da glicose, aumentando o risco cardiovascular.

Karina Toledo – O Estado de S. Paulo

 

SAÚDE PÚBLICA: Confirmados mais de 26 mil casos de DENGUE no Brasil.

Balanço preliminar aponta 26 mil casos de dengue no país; 12 mortes são investigadas

Do início do ano até o dia 28 de janeiro, o Ministério da Saúde contabilizou 26.034 casos de dengue no país. O balanço é preliminar, já que Estados e municípios ainda não forneceram todos os dados relativos ao primeiro mês do ano. Mais de 100 casos graves e 12 mortes por suspeita da doença estão em investigação.

Do total de mortes que está sob análise, 5 ocorreram no Norte (4 no Amazonas e 1 em Roraima), 3 no Nordeste (2 no Ceará e 1 em Pernambuco), 3 no Sudeste (2 no Espírito Santo e 1 em Minas) e 1 no Centro-Oeste (em Mato Grosso).

De acordo com o balanço parcial, a Região Norte do país foi a que apresentou número maior de casos no período – foram 10.471 notificações, sendo que só o Estado do Acre apresentou 6.851 casos. Em seguida, estão o Sudeste (7.094), o Centro-Oeste (5.045), o Nordeste (2.240) e o Sul (1.184).

Sudeste

No Sudeste, a maior parte dos casos foi registrada em Minas Gerais (3.058), seguida de Espírito Santo (2.205), Rio de Janeiro (923) e São Paulo (908).

Dados fornecidos por alguns Estados nesta sexta-feira (11) já mostram um cenário bem diferente do balanço preliminar do Ministério da Saúde. Minas Gerais divulgou um total de 6.639 casos notificados até o momento. Também hoje foi confirmada a primeira morte no Estado este ano, na cidade de Januária.

A Secretaria da Saúde do Estado do Rio de Janeiro também informou hoje que, de 2 de janeiro a 5 de fevereiro, foram notificados 3.582 casos suspeitos de dengue. Ontem, uma paciente morreu de dengue hemorrágica em um hospital de Niterói, mas a Secretaria de Saúde do Rio afirma que este caso não é computado em 2011, pois a criança estava internada desde dezembro do ano passado.

Já o Estado de São Paulo anunciou hoje que municípios paulistas informaram até o momento 571 casos autóctones (com transmissão dentro do Estado) da doença em janeiro. No primeiro mês do ano passado houve 10.902. Ainda não há dados sobre mortes, embora o Instituto Adolfo Lutz já tenha confirmado, hoje, uma morte no município de Ribeirão Preto.

Uol.

DICA DE SAÚDE: O REPELENTE PARA COMBATER A DENGUE… – Colaboração de Eliane Soares.

Senhores, volto a insistir, com tanta chuva, está sendo impossível controlar poças d’agua e criadouros, como sabem.
Estou fazendo um trabalho de formiguinha e está dando certo.

Este repelente caseiro, ingredientes de grande disponibilidade, fácil de preparar em casa, de agradável aroma, econômico.
Em contato com pessoas, tenho notado que não se protegem, estão reclamando que crianças estão cheias de picadas.
Tenho distribuído frascos como amostra, todos estão aderindo.
Já distribuí 500 frascos e continuo.
Mas, sou sozinha, trabalhando com recursos próprios, devido ao grande número de casos de dengue, não consigo abranger.
Gostaria que a SUCEN sugerisse aos municípios distribuir este repelente (numa emergência) nos bairros carentes com focos da dengue, ensinando o povo para futuramente preparar e usar diariamente, como se usa sabonete, pasta de dente.
Protegeria as pessoas e ao mesmo tempo, diminuiria a fonte de proteína do sangue humano para o aedes maturar seus ovos, atrapalhando assim, a proliferação.
Não acham que qualquer ação que venha a somar nesta luta deveria ser bem vinda?

DENGUE I:
FAÇA O REPELENTE DOS PESCADORES EM CASA:
1/2 litro de álcool;- 1 pacote de cravo da Índia (10 gr);- 1 vidro de óleo de nenê (100ml)
Deixe o cravo curtindo no álcool uns 4 dias agitando, cedo e de tarde;
Depois coloque o óleo corporal (pode ser de amêndoas, camomila, erva-doce, aloe vera).
Passe só uma gota no braço e pernas e o mosquito foge do cômodo. O cravo espanta formigas da cozinha e dos eletrônicos, espanta as pulgas dos animais.
O repelente evita que o mosquito sugue o sangue, assim, ele não consegue maturar os ovos e atrapalha a postura, vai diminuindo a proliferação. A comunidade toda tem de usar, como num mutirão. Não forneça sangue para o aedes aegypti!

Ioshiko Nobukuni

Sobrevivente da dengue hemorrágica.